Ação é realizada pela Coordenação Técnica de Causas Externas em parceria com a Equipe Multiprofissional Norte 2

Na manhã desta quarta-feira, 22, a Secretaria Municipal da Saúde (Semus) deu início às ações em alusão ao Maio Laranja, mês dedicado ao combate à exploração e ao abuso sexual infantil no Brasil. Com isso, foi realizada uma roda de conversa com adolescentes do 2º e 3º anos do ensino médio do Colégio Estadual Criança Esperança, na Arno 31 (303 Norte). A iniciativa foi organizada pela Coordenação Técnica de Causas Externas, em parceria com a Equipe Multiprofissional Norte 2, que já realiza atividades pelo Programa Saúde na Escola (PSE). A ação faz parte das diversas atividades programadas pela Semus para este mês.

Segundo a residente de enfermagem da Semus, Ana Beatriz Sousa, 24 anos, o perfil das vítimas de violência sexual não corresponde ao estereótipo da mulher sexualizada, aquela que usa roupas consideradas inadequadas para a sociedade. “É importante destacar que as maiores vítimas de abuso sexual são as crianças, que ainda não entraram na puberdade e, portanto, não se apresentam como mulheres, mas mesmo assim sofrem violência. Os dados revelam que, na maioria dos casos, elas são abusadas dentro da própria casa por familiares. Por isso, precisamos combater esses mitos e nos basear nos fatos”, ressaltou. 

Durante todo o mês de maio, a Semus realizará outras ações em três Centros Municipais de Ensino Infantil (Cmeis), voltadas para crianças, pais e responsáveis. 

 

Confira o cronograma completo:

  • 25 de maio (sábado) – 14 horas

Local: Cmei Sítio do Pica Pau Amarelo – Jardim Aureny IV
Público: Corpo docente, pais ou responsáveis
Tema: Violência e sistema de garantia de direitos da criança e do adolescente

  • 27 de maio (segunda-feira) – 10h30 e 16 horas

Local: Cmei Pequenos Brilhantes – Arno 41 (403 Norte)
Público: Pais e mães de crianças de 2 a 6 anos
Tema: Prevenção à violência sexual de crianças

  • 29 de maio (quarta-feira) – 9 e 14 horas

Local: Cmei Contos de Fada – Arno 72 (605 Norte)
Público: Crianças de 4 a 6 anos
Tema: Prevenção de violência sexual

 

 

Texto: Annady Borges – estagiária sob supervisão da Coordenação de Jornalismo da Semus

Edição: Denis Rocha/Secom 

Agencia Palmas

22 de maio de 2024

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *